Postagens

Mostrando postagens de 2013

CUIDADO COM DEUS

Imagem
NÃO O TIRE DO SÉRIO!
O apóstolo Paulo se referiu ao cristão como “embaixador” e também como "carta de Cristo". Aquele que manifesta Deus no mundo.

Através de sua maneira de viver, ele coloca seus observadores em contato com o significado de Deus e como deve ser esse Deus. Não é de se estranhar o porquê muitos resistem em crer ou desconfiam desse Deus revelado no ethos de considerável número de crentes.
Tudo na fé do crente testemunha a respeito de Deus:
Aquilo que possibilita os cultos e viabilizam as marchas e concentrações, o que faz uma pessoa contribuir, participar de vigílias, subir montes à noite, jejuar, ler a Bíblia e "defender" o evangelho revelam as características de Deus. A partir dessa observação, de como se comportam os crentes, além de conhecermos suas crenças, podemos traçar um perfil desse Deus ao qual se cultua.
Não que Deus seja objetivamente de tal forma, porém se assim se relacionam com Ele, isso demonstra como Ele é compreendido e recebido.
O ethosg…

A HONESTIDADE PARA COM AQUILO QUE SE DIZ CRER

Imagem
Você já parou para pensar na dificuldade de algumas declarações de fé?
Algumas delas, defendidas com unhas e dentes por alguns crentes, só o são no discurso. Não são na realidade da vida. Não é uma questão de má intenção, hipocrisia ou fingimento, mas de saber se é possível levar para a realidade da vida declarações inexequíveis, inviáveis, impossíveis de serem seguidas? Algumas declarações de fé só são possíveis ao se separar o discurso da prática, criar uma ilusão e torcer a verdade o que resulta em uma declaração de fé até bonita, mas irreal.

Penso que um cristão deveria no mínimo ser honesto em suas afirmações.
1- Bíblia é regra de fé, prática e conduta. Não seria mais honesto? Escolhi algumas coisas da Bíblia que considero importantes para conduzir a minha vida e também para julgar a fé dos outros.
2-Não interessa pensamentos humanos, teologia ou filosofia, temos que ficar somente com a Bíblia; com aquilo que ela diz.
Não seria mais honesto? Escolhi uma ideologia para ler a Bíb…

QUANDO SE É CONSIDERADO VELHO E QUANDO, SÁBIO?

Imagem
Fui convidado por um jovem casal para um almoço em família homenageando o dia da avó.
Um dia divertido entre filhos e netos.

Percebi entre as duas avós, materna e paterna, uma diferença enorme e o que mais me chamou a atenção?

— Quando para a geração mais nova um idoso é considerado velho e quando, sábio.

A avó paterna, acho que uns seis anos mais nova que a outra, era toda "pra frente". Ainda atuante no mercado de trabalho, todas as manhãs fazia caminhada e lia o jornal, sabia falar alguma coisa sobre política e economia.
Lutava contra a idade procurando aparentar jovialidade.
Havia feito plástica no rosto, esboçava botox, conhecia cinco países e exibia um smartfone última geração e ginga das aulas de dança.

Vivia puxando assunto de atualidades com os netos e os filhos, que com expressões impacientes se esquivavam.
Vez por outra ouvi dos pais: — "respeite sua avó!"

A avó materna, mais velha, desencanada com a idade, já aposentada, em seu rosto o peso da…

TAMBÉM SONHO COM JUSTIÇA!

Fico assustado ao ouvir a divulgação dos altíssimos índices de violência e criminalidade em nosso país.
Vivemos nos conformando com a pizza no final de cada denúncia.  Mas isto parece tornar-se o padrão. Cada vez mais vemos isso e imagino que seja pela impossibilidade da Lei em usar o bom senso a fim de ser justa.
Gosto muito de assistir filmes de investigações e julgamento.  Ultimamente tenho visto um seriado Law & Order. Interessante observar as barreiras que os promotores públicos têm em condenar um criminoso. Todas as evidências apontam para o réu, porém por alguma questão legal a prova fundamental não pode ser usada, e assim o criminoso sai em liberdade, e algumas vezes com direito de exigir indenização do Estado.
No Brasil isso parece ser a regra, não uma exceção.  Cadeia é para quem não consegue um bom advogado?  Os advogados públicos só agem pró-forma e não pela luta dos direitos?  Não sei responder se é isso, apesar das aparências desconfio que não. Mas sei que a minúci…

AS RAPOSAS TÊM COVIS...

Imagem

Cá entre nós, sabemos nos amar!

Imagem

PREFIRO COMER PIPOCA A IR PARA UMA MANIFESTAÇÃO PACÍFICA GOSPEL.

Imagem
Uma pesquisa do Datafolha apontou que a população brasileira é religiosa e conservadora.
Está para ser votada uma lei que criminaliza a homofobia. Se os representantes políticos fazem parte da nação, a proporção garante posturas conservadoras nos “Poderes Nacionais”. Esta lei, independente da polêmica, está sob a decisão do poder legislativo e por fim sanção da presidência. 
Não há nenhuma ingerência popular sobre ela. Por mais que a população grite e esperneie, são os legisladores que aprovam.  Fico me perguntando por que alguns legisladores convocam a população para algo que eles são os agentes. Seria como um motorista de ônibus convocar os passageiros para gritarem: “- dirija!”. Mais ainda, qual o interesse de um pastor em tal convocação?
No poder legislativo, qualquer parlamentar pode questionar, sugerir, pedir pareceres, exigir mudanças, inserção ou supressão de artigos. Se isto se der a partir de uma bancada e ela for uma das maiores como a evangélica, mais ainda se dará ouvido…

HERÓI NO MOVIMENTO EVANGÉLICO PENTECOSTAL BRASILEIRO

(As bases para a intolerância, preconceito, sectarismo e outros valores do anticristo)

Jesus deixou um aviso de que o mundo seria perigoso, haveria risco de morte, perseguição e pouco espaço para uma fé defensora dos fracos e oprimidos. Entretanto, a estatização da fé inverteu o jogo e, de fracos e oprimidos, os crentes passaram a fortes e opressores.

Saltando o tempo desde Constantino, chegamos ao Brasil católico com imaturas tensões contra os protestantes. Herdeiros dos protestantes, evangélicos não sofreram estes embates, exceto na conflitante convivência entre protestantes e o movimento pentecostal.

Num país democrático como o nosso, com uma constituição que concede amplos direitos à expressão religiosa e de culto, o tema perseguição religiosa não tem força e nem espaço, exceto se colocarmos como disputa religiosa ou de mercado religioso: briga por poder, ou aumento de fiéis. Quem ficará com a maior fatia do poder?

O apocalipsismo americano, do fim do século XIX, trouxe de forma …