Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2008

A submissão é medieval?

Imagem
Submissão é muito mais do que um consentimento calado. Não se trata de subserviência. É uma postura interior que coloca em prática os valores do Reino de Deus.

Alguém com esta virtude em seu coração sabe com mais intensidade o valor da vida em comunidade e sua sensibilidade espiritual é muito mais apurada, pois compreende o que significa ter o Espírito de Cristo e consegue olhar com bons olhos para o outro considerando-o importante. É por esta razão que a submissão permeia toda a vida cristã, como diz a Bíblia:
- "Sujeitai-vos uns aos outros em amor".
- "Sujeitem-se aos vossos líderes",
- "Sejam submissos às vossas autoridades
(governamentais)",
- "Submetam-se aos vossos pastores, pois velam pelas vossas almas",
- "Filhos sejam submissos aos vossos pais".

A submissão Bíblica não existe por razões hierárquicas, mas sim em função de valores nobres de reconhecimento e também espirituais, pois salvaguarda as relações em sociedade. A submissão par…

Conflito Teológico

Imagem
Quero pensar na Teologia como exercício humano para rabiscar interpretações sobre Deus.
E em Antropopatia como a experiência divina em se revelar “legível”. Ou quem sabe como disse João, uma espécie de braile: “tocamos a Palavra”.

Constrangedoramente a tensão existente entre Jesus, o Deus encarnado, e os escribas e fariseus era de ordem Teológica.
Interessante observar a história bíblica demonstrando constantemente, a interpretação humana dada a Deus em choque com as ações divinas.
Habacuque, Jeremias, e outros, em admirável surpresa testemunham isto.

A interpretação que fazemos do divino na Bíblia, temos como Lógica de Deus.
E Deus?
Apesar de ser conhecido apenas por interpretação, paradoxalmente não se interpreta, Ele é; se revela.
Neste conflito entre Deus versus Lógica de Deus, o homem teimosamente defendeu a sua Teologia como mais verdadeira do que o próprio Deus revelado: Jesus Cristo. A crucificação que o diga.
Uma tensão milenar entre o que se pensa dEle e o que Deus faz.
Nós “Teologiz…