Que bom que você veio!

Obrigado pela visita, deixe uma mensagem de sua passagem por aqui.

22.5.07

DE PAI PARA FILHA - ( em seus 15 anos)


Se a mim fosse dado o direito de ser senhor do Tempo
E concedido o poder de pará-lo por um só momento.
Abriria mão de tal fascinante arte
Para não roubar de sua vida a melhor parte.

Deixaria correr, para você crescer, amadurecer,
Mas lutaria incansável para o tempo não destruí-la,
Quereria conservá-la, assim, meiga perto de mim.
Evitaria que a parte cruel do tempo marcasse um tento.

Tinhoso, teimoso e ladrão.
O egoísta do meu coração
Sempre quereria roubar
A possibilidade de a vida te levar.

Já dizia o poeta e eu inverto o falar
Eu é quem sou o rio, você é quem é o mar.
Eu, pai que se esforça em sarar a ferida.
Em mostrar-te querida e ensiná-la sempre amar.

Se proibido eu fosse de qualquer palavra outra dizer
Me esforçaria, lutaria até o instante de morrer
Para apenas seis palavras mais poder pronunciar:
EU SEI QUE VOU TE AMAR

2 comentários:

  1. Anônimo6:58 PM

    Achei maravilhoso o texto até peguei para minha filhota de 15 anos tb, mas claro que farei umas alterações, não porque ache que precisa e sim por questão de personalidade. Parabéns ficou maguinifico.

    ResponderExcluir
  2. sandra5:03 PM

    Parabéns que lindo! amei o poema.

    ResponderExcluir

Não passe por aqui sem deixar seu registro. Ele sempre é benvindo e importante.