JUSTIÇA

Fico assustado ao ouvir a divulgação dos altíssimos índices de violência e criminalidade em nosso país.
Vivemos nos conformando com a "pizza" no final de cada denúncia. Mas isto parece tornar-se o padrão. Cada vez mais vemos isto, e imagino que seja pela impossibilidade da Lei em usar o bom senso a fim de ser justa.

Gosto muito de assistir filmes de investigações e julgamento. Ultimamente tenho visto um seriado Law & Order.
Interessante observar as barreiras que os promotores públicos têm em condenar um criminoso. Todas as evidências apontam para o réu, porém por alguma questão legal a prova fundamental não pode ser usada, e assim o criminoso sai em liberdade, e algumas vezes com direito de exigir indenização do Estado.

No Brasil, isto parece normal, não uma exceção. A minúcia da Lei levada ao pé da letra facilita o escape dos infratores, mas injustamente "beneficia" somente os que conseguem se proteger nas riquezas.
A justiça fica com o braço curto.
A promotoria denuncia, a polícia prende, o juiz leva ao julgamento e o detalhe burocrático não necessariamente inocenta, mas põe em liberdade.

Eu aguardo ansiosamente um dia em que o Justo Juiz convoque diante de seu tribunal, grandes e pequenos.
Justiça seja feita.
Espero o dia em que colarinho branco, descamisados, ateus ou apóstolos, diante do Cordeiro não tenham como usar de detalhes legais, mas apenas da verdade.

Antes disto, gostaria que os crentes vivessem em integridade e que não repousassem sobre eles suspeitas de roubos, fraude, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha. Se existisse algo para ser julgado fosse sua fé, assim como os heróis do passado, mas jamais a integridade.
Fossem acusados de não abrirem mão de servirem ao Senhor, de doarem-se pelo bem, mas jamais de lesarem o povo.
Que a zombaria não fosse sobre as finanças, e venda de bênçãos.

Maranata,vem Senhor. É tempo de começar o juízo pela casa de Deus.

Comentários

  1. Suênio11:40 AM

    Oi Pr. Eliel...
    espero também este dia...
    a integridade é a primeira coisa que a sociedade espera de nós, por sermos ditos como "conhecedores do evangelho". E eles estão certo.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. Suênio,
    Quando a imprensa divulga o credo do criminoso e só o faz dos evangélicos, é uma cobrança, para que aqueles que pregam inteireza correspondam com a prática.

    Deus nos ajude.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não passe por aqui sem deixar seu registro. Ele sempre é benvindo e importante.

Postagens mais visitadas deste blog

Meu desencanto com a fé cristã!

Uma proposta para Igrejas.